Editorial

Ednardo Monteiro Gonzaga do Monti, Alexandra Lima da Silva

Resumo


Vidas de educadora/es são o foco deste primeiro número de Caminhos da Educação: diálogos, culturas e diversidades. A revista reúne textos de professores titulares, doutores, doutorandos e mestres, situados em diferentes instituições no Brasil e do México. A entrevista com professor Walter Kohan confere destaque ao recém-lançado livro autoral Paulo Freire, mais do que nunca. O livro aborda a urgência em torno de uma “biografia filosófica torno da obra e do legado do educador Paulo Freire. O artigo LEMBRANÇAS DE FILOMENA: Uma mirada biográfica sobre a primeira normalista de Codó – Maranhão (1908-1953), de Maria Alda Pinto Soares e Maria do Amparo Borges Ferro confere visibilidade a trajetória profissional de Filomena Catarina Moreira, apontada pela História da Educação de Codó, no Estado do Maranhão, como a primeira professora normalista da cidade. O pesquisador mexicano Alejandro López de Lara Marin explora as lutas de um professor em Luis Beltrán Prieto Figueroa y la lucha magisterial por el espacio público venezolano en las primeras décadas del siglo XX. A professora Sara Raphaela Amorim segue as pegadas do educador Nestor Lima no artigo Vida, Educação e profissão: percursos de (trans) formação na trajetória de Nestor dos Santos Lima. No artigo UM TRAÇO DE GRAÇA SEM GRAÇA NENHUMA:  Hans Heilborn nas charges dos jornais cariocas (1914-1915), a professora Heloisa Helena Meirelles dos Santos explora as representações sobre o diretor da Escola Normal do Distrito Federal em jornais cariocas. Analisar a trajetória da primeira mulher a produzir uma gramática prática no final do século XIX foi o objetivo do artigo A investigação da trajetória de vida e profissional da professora primária e autora de gramática Adelia Ennes Bandeira, do professor Fernando Rodrigo dos Santos Silva. Analisar a trajetória de uma professora e psicóloga foi o foco do artigo Ofélia Boisson Cardoso: O nascimento de uma carreira dedicada à Educação e a Psicologia, de autoria de Henllyger Estevam David. Este número da revista  publicou ainda, 2 artigos de fluxo contínuo. Analisar como questões de interesse do multiculturalismo, como diferenças de raça, gênero e sexualidade, perpassam o cotidiano da gestão de uma escola particular localizada à zona oeste da cidade do Rio de Janeiro foi o foco do artigo Multiculturalismo e educação: o espaço da gestão, de Renan Santiago de Sousa, Daniele Gomes da Silva e Teresa Paula Nico Rego Gonçalves. Por fim, discutir a ampliação do conceito de docência na formação inicial de professores em Licenciaturas foi o foco no artigo intitulado Estudo sobre docência ampliada nos processos de ensino-aprendizagem brasileiros, de Arthur Vianna Ferreira, Marcio Bernardino Sirino e Patrícia Flavia Mota.

 

 

 

 

 

 

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.