A Guerra civil brasileira: conservadorismo ou miséria na explicação desse processo.

Samuel Costa Filho

Resumo


O presente artigo, a partir das ideias de Hirschman com respeito às paixões humanas malignas eao controle dessas pelos interesses econômicos, trata dos motivos dos níveis elevados de criminalidadeexistente na sociedade brasileira, que chegam a revelar a existência de uma verdadeira guerra civil nãodeclarada. A dominância do capitalismo financeiro não somente despertou paixões ainda mais malignas,como egoísmo, consumismo, etc., mas passou a estimulá-las e glorificá-las como atitudes bem-vindas. Nasociedade brasileira, o processo de transformação de sua herança rural para um capitalismo moderno demassa foi eliminando os elementos que seguravam a revolta e que mantinham conformados a grandequantidade de miseráveis e pobres. A partir da crise dos anos 1980 e, posteriormente, com as políticasneoliberais de dominância financeira, essas paixões malignas também passaram a predominar na sociedadebrasileira. O neoliberalismo debilitou ainda mais o Estado, que se revelou despreparado para enfrentar essecombate.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.