Famílias vulneráveis como expressão da questão social, à luz da política de assistência social

Izabel Herica Gomes M. Cronemberger e Solange Maria Teixeira

Resumo


O crescente mapa de miséria e pobreza, no Brasil, constitui inquietação que incita refletir sobresuas influências na proteção social e, principalmente, na área de atuação junto às famílias. Neste sentido,o presente artigo tem como objetivo evidenciar a vulnerabilidade da família que, desassistida pelas políticaspúblicas, se encontra impossibilitada de responder às necessidades básicas de seus membros e, porconseguinte, tem sua condição de exclusão, pobreza aprofundada. Pretende-se, com isso, contribuir parao debate acerca da construção de caminhos que fortaleçam a família cidadã protegida pelos direitos sociais.O recurso metodológico consistiu em revisão de literatura e documental sobre a questão social e a temáticada família. Conclui-se que as políticas públicas se eximem de uma ação mais emancipada e que, de fato,atendam as necessidades da família contemporânea.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.