CENTRALIDADE INTERURBANA: uma abordagem conceitual

Paulo Henrique de Carvalho Bueno

Resumo


As cidades, ao concentrarem a produção, o consumo e a gestão de bens e serviços, ensejam especializações funcionais de determinadas áreas. Essa concentração promove coesões entre formas e funções espaciais que configuram a centralidade intraurbana. Desse modo, entender a produção espacial urbana a partir da constituição e da dinâmica do fenômeno da centralidade permite análises consistentes sobre as lógicas das espacializações e distribuições das atividades humanas no tecido citadino e dos processos de reestruturação urbana por que passa a cidade. Com efeito, pautado em uma revisão bibliográfica, objetiva-se discutir a centralidade urbana como categoria de apreensão da produção e dos movimentos de reestruturação urbana e da cidade.

Palavras-chave


Centralidade urbana. Cidade. Reestruturação. Produção espacial urbana

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Equador, ISSN 2317-3491, Universidade Federal do Piauí.

QUALIS A4