DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DA QUALIDADE DOS SOLOS DA CAPTA-FRUTAS EM JUNDIAÍ, SÃO PAULO

Nara Nubia de Lima Cruz, Gustavo Souza Valladares, Ismail Soares, Otávio Antônio Camargo

Resumo


A qualidade do solo é entendida como a capacidade de sustentar a produtividade biológica do ecossistema, mantendo o equilíbrio ambiental e promovendo a saúde de plantas e ou animais e do próprio ser humano. O objetivo do presente trabalho foi gerar um índice de qualidade do solo e avaliar sua distribuição espacial, diante dos diferentes usos na área experimental do Capta-Frutas da Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo em Jundiaí. O índice foi baseado nos atributos químicos dos solos, considerando as análises de rotina e os teores dos micronutrientes Cu, Fe, Zn, Mn, Ni e B. Os resultados demonstraram que a metodologia empregada no desenvolvimento do índice teve sucesso e que o índice apresenta dependência espacial. Os solos cultivados com vinhedos tiveram maior qualidade química, comparados aos solos com outras fruteiras e nas áreas sob vegetação nativa. Todavia deve-se ter cuidado com a elevação dos teores de Cu e Zn nos solos sob vinhedos, em razão da aplicação de fungicidas.

Palavras-chave


Índice de qualidade de solos; Multicritério; Geoestatística

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Equador, ISSN 2317-3491, Universidade Federal do Piauí.