A EXPANSÃO EUROPEIA DOS SÉCULOS XV E XVI: CONTRIBUIÇÕES PARA UMA NOVA DESCRIÇÃO GERAL DA TERRA

Francisco de Assis Veloso Filho

Resumo


Resumo: Grandes navegações e explorações foram empreendidas pelos europeus a partir do século XV. As realizações das últimas décadas daquele século e das primeiras décadas do século XVI resultaram numa ruptura no campo dos conhecimentos geográficos, que tinha então como maior referência a Geografia de Ptolomeu. Este ensaio sintetiza as principais navegações daquele período e identifica relatos dessas viagens e representações cartográficas delas decorrentes que configuram os avanços nesse campo. Os diários e as cartas de Colombo aos reis da Espanha, de Vespúcio ao seu patrão florentino e de membros da esquadra de Cabral a D. Manuel são exemplos desses relatos. Os mapas-múndi, planisférios ou globos elaborados por Henrique Martellus (1490), Martin Behain (1492), Juan de la Cosa (1500), anônimo português (1502), Martin Waldsemuller (1507), Johannes Schöner (1520) e Diego Ribero (1529) demonstram os avanços ocorridos do ponto de vista das representações cartográficas. Essas contribuições marcaram o surgimento de novos conceitos, instrumentos e técnicas e o início de uma nova descrição geral da Terra a ser elaborada nos séculos seguintes.


Palavras-chave


Grandes navegações; Relatos de viagens; Mapas-múndi

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Equador, ISSN 2317-3491, Universidade Federal do Piauí.