PRESENÇA DA AMAZÔNIA NO ALMANAQUE DE LEMBRANÇAS LUSO-BRASILEIRO: Apontamentos descritivos para um guia futuro

Yurgel Pantoja Caldas

Resumo


Publicação que circulou ininterruptamente em Portugal, no Brasil e nas colônias portuguesas na África, entre os anos de 1851 e 1932, o Almanaque de Lembranças Luso-Brasileirotem merecido destaque, nos últimos anos, como objeto de estudo, sobretudo, do Grupo de Investigação 6 do CLEPUL (Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa), o qual tem se debruçado sobre a escrita feminina presente no referido Almanaque. Este estudo, entretanto, embora ligado ao CLEPUL, orienta-se com uma perspectiva acerca das referências amazônicas presentes nos números do Almanaque de Lembranças Luso-Brasileiro, com um objetivo de iniciar uma discussão para um guia relativo às referências amazônicas presentes no Almanaque, considerando inicialmente as categorias de Autor, Tema, Título e Local de produção, que se podem encontrar na leitura dos números da dita publicação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Ininga, v. 1, n. 1 - Segundo semestre de 2014