NOTIFICATIONS OF HIV/AIDS IN THE STATE OF MATO GROSSO DO SUL EVIDENCING THE MUNICIPALITY OF CAMPO GRANDE FROM 2010 TO 2015

Stephanie Valençuela Schmitt, Ursulla Vilella Andrade, Aucely Corrêa Fernandes Chagas

Resumo


Objective: To determine the prevalence of notifications of HIV/AIDS in the population of the State of Mato Grosso do Sul, showing only the city of Campo Grande, from 2010 to 2015. Method: A descriptive, epidemiological study on quantitative analysis. As a source of data collection there was used for the online platform of the Department of STD, AIDS and Viral Hepatitis of the Secretariat of Health Surveillance. Results: We found 3409 notifications in the entire state; however, 1393 notifications occurred in the municipality of Campo Grande within the time under analysis. The adult male heterosexual population in the age range of age above 24 years old presented higher detection rate of aids/HIV. Conclusion: These data demonstrate that the epidemic is not regressing neither progressing, and still presents as a frame high rates in heterosexuals, in the white population followed by mixed, both with low level of schooling, showing as the most vulnerable population.


Texto completo:

PDF (English) PDF

Referências


Brasil, Joint United Nations Programme on HIV/AIDS (UNAIDS). Informações básicas. 2016. [acesso em 20 mai 2017]. Disponível em: https://unaids.org.br/

Dantas GCS. Brasil Escola. Origem da camisinha. [acesso em 27 jun 2018]. Disponível em https://brasilescola.uol.com.br/sexualidade/origem-camisinha.htm/

Brasil, Secretaria de Vigilância em Saúde: Departamento de DST, AIDS e Hepatites Virais. História da aids. 2010. [acesso em 05 mai 2017]. Disponível em: http://www.aids.gov.br/pagina/2010/257/

Brasil, Secretaria de Estado de Saúde de São Paulo. Boletim epidemiológico, CRT-DST/AIDS. 2013. [acesso em 27 jun 2018]. Disponível em: http://www.saude.sp.gov.br/resources/crt/vig.epidemiologica/boletim-epidemiologico-crt/boletim2013.pdf/

Almeida ACCH, Centa ML. A família e a educação sexual dos filhos: implicações para a enfermagem. Acta Paul Enferm. 2009;22(1):71-6. [acesso em 27 jun 2018]. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ape/v22n1/a12v22n1.pdf/

Alfaro GM et al. Hábitos sexuales en los adolescentes de 13 a 18 años. Rev Pediatr Aten Primaria. 2015;17:217-25. [acesso em 27 jun 2018]. Disponível em: http://www.pap.es/files/1116-2000-pdf/67_Habitos_sexuales.pdf/

Brasil, Sistema Nacional de Vigilância em Saúde. Relatório de Situação: Mato Grosso do Sul. 5. ed. Brasília, DF: Ministério da Saúde; 2011; 8-9.

Brasil, Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de dst, aids e hepatites virais. [acesso em mai-ago 2017]. Disponível em: http://svs.aids.gov.br/aids/

Brasil, Secretaria de Vigilância em Saúde. Boletim Epidemiológico HIV/AIDS. 2017;(48). [acesso em 28 jun 2018]. Disponível em: http://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2017/janeiro/05/2016_034-Aids_publicacao.pdf/

Brasil, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Informações Estatísticas de Campo Grande/Mato Grosso do Sul. 2016. [acesso em 10 mai 2017]. Disponível em: http://cidades.ibge.gov.br/xtras/perfil.php?codmun=500270/

Leal GA, Ribeiro JB, Afonso TM. Análise da caracterização de indivíduos portadores de HIV no município de Aracaju/Se no período de 2010-2015. Ciências Biológicas e de Saúde Unit. Março, 2017; 4(1):121-130. [acesso em 7 ago 2017]. Disponível em: https://periodicos.set.edu.br/index.php/cadernobiologicas/article/view/3989/2168/

Boff JA, Dallacosta FM. Notificações de AIDS/HIV: Uma análise em um município do meio oeste catarinense. [publicação online]; 2016. [acesso em 7 ago 2017]. Disponível em: http://www.uniedu.sed.sc.gov.br/wp-content/uploads/2016/09/unoesc-J%C3%A9ssica-A-Boff.pdf/

Taquette SR. Interseccionalidade de gênero, classe e raça e vulnerabilidade de adolescentes negras às DST/AIDS. Saúde Soc. 2010;19:51-62. [acesso em 7 ago 2017]. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-12902010000600006&script=sci_arttext/




DOI: https://doi.org/10.26694/repis.v4i0.7185

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Bases/Indexadores:

Internacionais: CuidenIndex Copernicus InternationalResearch BibleLatindexCrossRefScholar Google; REDIB; PKP Index; DOAJ; MIAR

Nacionais: DiadorimIBICTSumarios.orgLIVRE; periodicos CAPES.

REPIS is available in: Publons

ISSN: 2446-7901