ANÁLISE DA DEGRADAÇÃO NO AÇUDE ENGENHO VELHO EM SÃO GONÇALO DO PIAUÍ

Valmira Alves de Menezes do Rêgo, Claudia Maria Sabóia de Aquino

Resumo


O objetivo desse artigo é analisar os impactos ambientais e as causas de degradação do açude Engenho Velho em São Gonçalo do Piauí. A metodologia fundamentou-se em pesquisa bibliográfica e inspeções a campo. A abordagem adotada será a qualitativa com caráter descritivo do tipo estudo de caso por fornecer um estudo de maior profundidade sobre o tema a ser abordado. Busca-se aqui evidenciar as causas que estão levando o açude Engenho Velho a uma situação de degradação, tendo em vista os mais variados impactos ambientais que assolam este açude. O trabalho aponta a necessidade de se refletir as práticas ambientais voltadas à conscientização e preservação desse patrimônio público da sociedade são gonçalense. Assim, este artigo traz para o debate social, a importância da preservação dos cursos d’água, bem como amplia a compreensão quanto a este fato, pois o que se percebe é um descaso dos órgãos competentes frente aos inúmeros e visíveis impactos relacionados com o açude Engenho Velho. Portanto, esta pesquisa contribuirá para elevar o nível de conhecimento sobre os problemas geradores da degradação do açude Engenho Velho, como lixo, queimadas, irrigação irregular, entre outros, proporcionando dados a futuras pesquisas.

Palavras-Chave: Açude Engenho Velho. Degradação Ambiental. São Gonçalo do Piauí.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.