Avaliação de gramíneas forrageiras tropicais em diferentes níveis de sombreamento

Cezar Gonçalves Santos

Resumo


Avaliou-se o desempenho de gramíneas forrageiras tropicais sob diferentes níveis de sombreamento, sendo desenvolvido um experimento na Unidade Universitária de Aquidauana, no período de novembro de 2008 a janeiro de 2009. Utilizando os tratamentos de três gramíneas (Brachiaria decumbens, Brachiaria brizantha cv. Marandu e Panicum maximum cv. Tanzânia-1) e quatro níveis de sombreamentos (pleno sol, 30%; 50% e 70%), no período das águas. O experimento foi desenvolvido em ambiente protegido, onde foram cobertos com telas de polipropileno para ter tal porcentagem de sombra, e cultivado em vasos de polipropileno com capacidade de 8 litros cada. Foi utilizado o delineamento em blocos ao acaso, com fatorial 3x4, com oito repetições. As variáveis avaliadas foram altura de plantas, número de perfilho, PMV, teores de MS, PB, FDN, FDA, hemicelulose, MM e PMR. Observou-se para as variáveis de perfilho, produção de matéria verde (PDM), FDN, FDA e PMR o sombreamento de 50% apresentou efeito significativos sendo 10,07; 2,28 t/ha, 75,28%; 44,93% e 0,76 t/ha, respectivamente. Independente dos cultivares estudados, os níveis de sombreamento com 50% foi o mais indicado para ser utilizado como uma alternativa no sistema de produção, nas condições da região de Aquidauana.

Palavras-chave: avaliações agronômicas, cultivares, produtividade, regime de luz


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15528/1255