Atributos Químicos e Físicos de um Latossolo Vermelho-Amarelo Cultivado com Forrageiras em Sistema de Pastoreio Rotacionado no Estado do Piauí

Marcelo Moura Lopes, Adeodato Ari Cavalcante Salviano, Francisco Edinaldo Pinto Mousinho, Maria Elizabete de Oliveira, Francisca Franciana Sousa Pereira, José Algaci Lopes da Silva, Beliza Ramos Bezerra

Resumo


Avaliou-se alterações nos atributos químicos e físicos de um Latossolo Vermelho-Amarelo do estado do Piauí, sob capim-braquiária (

 

 

 

Brachiaria brizantha), leucena (Leucaena leucocephala), capim-Tifton (Cynodon dactylon), capim-Tanzânia (Panicum maximum) e pastagem nativa melhorada com capim-andropógon (Andropogon gayanus), tendo como referência o solo de uma área sob vegetação nativa. O experimento foi implantado no ano de 2000 e avaliado no ano de 2005, no Setor de Caprinocultura do Departamento de Zootecnia do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Piauí, em Teresina, PI. Foram avaliados os atributos químicos pH em água (1:2,5), acidez potencial (H+Al), Ca²+, Mg²+, K+, e determinados os valores de T, valor da soma de bases (SB) e valor V, enquanto as análises físicas compreenderam o diâmetro médio geométrico e a densidade do solo nas profundidades 0,00-0,10; 0,10-0,20; 0,20-0,30 e 0,30-0,40 m. Os dados foram submetidos à análise da variância em delineamento inteiramente casualizado com parcelas subdivididas. As médias foram comparadas pelo teste de Tukey ao nível de 5%. O solo da área ocupada com B. brizantha apresentou melhores valores para os atributos químicos em relação aos demais sistemas. O solo da área cultivada com capim-Tifton apresentou valores de agregados e de densidade que indicam melhor qualidade destes atributos em relação aos demais sistemas. Os sistemas cultivados melhoraram as condições físicas e químicas do solo em relação à mata nativa.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.15528/463