VARIABILIDADE E TENDÊNCIA DA TEMPERATURA DO AR E A OCORRÊNCIA DE GEADA NA MESORREGIÃO CENTRO-SUL PARANAENSE, BRASIL

Nathan Felipe da Silva Caldana, Thiago Alves de Oliveira, Dihone Henrique Organek

Resumo


As variáveis meteorológicas têm grande influência sob a variabilidade da produção agrícola, sendo a geada um dos elementos que causam maiores perdas em áreas subtropicais. O objetivo trabalho foi identificar a variabilidade e tendências da temperatura e avaliar a ocorrências de geada na Mesorregião Centro-Sul Paranaense, Brasil. Para isso foram utilizados dados de onze estações meteorológicas, com recorte temporal variando de 1963 a 2019. Foram aplicadas técnicas estatísticas e de geoprocessamento, como regressões e interpolações para garantir uma plena cobertura regional de informações. Além da aplicação do teste de Mann-Kendall e Pettit para análise da tendência. Identificou-se grande variabilidade quanto as variáveis meteorológicas analisadas na região, principalmente vinculadas ao fator altitude. Tanto o risco de geada moderada quanto o de severa apresentaram altas probabilidades de ocorrências anuais. Toda a área com maiores altitudes da região apresentou 100% de risco por ano, enquanto ocorre a diminuição progressiva para as menores altitudes. O decêndio mais crítico para a ocorrência de geada foi 02-julho. Regionalmente, o período livre de geada foi do decêndio 02-março ao 01-novembro. Para as tendências observou-se tendências de elevação para as temperaturas média mínima e média do ar, com maiores intensidades no setor leste da mesorregião.


Palavras-chave


Agrometeorologia; Risco climático; Frio; Temperatura Mínima; Mudanças Climáticas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26694/equador.v9i3.10446

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista da Pós-graduação em Geografia, do Centro de Ciências Humanas e Letras da UFPI

 ISSN 2317-3491

A Revista está atualmente indexada às seguintes bases de dados: LATINDEX, DIADORIM, IBICT/SEER, SUMÁRIOS.ORG, PERIÓDICO CAPES, GOOGLE ACADÊMICO, GENAMICS JOURNAL SEEK.

A REVISTA EQUADOR faz uso do DOI (Digital Object Identifier), através da associação com o CrossRef.