OS CONFLITOS SOCIOAMBIENTAIS A PARTIR DA PERCEPÇÃO DOS ATORES SOCIAIS DAS BACIAS HIDROGRÁFICAS DOS RIOS JAURU E CABAÇAL-MT, REGIÃO HIDROGRÁFICA DO PARAGUAI

Ingrid Leite de Oliveira, Solange Kimie Ikeda Castrillon, Danúbia da Silva Leão

Resumo


Este trabalho objetiva analisar a percepção dos membros dos Comitês de Bacias Hidrográficas (CBHs) do Rio Cabaçal-MT e do Rio Jauru-MT quanto aos conflitos socioambientais presentes nas bacias hidrográficas em que que se localizam os CBHs, foco deste estudo. Optou-se pela pesquisa qualitativa, de caráter exploratório e participativo. Realizaram-se entrevistas com os grupos sociais presentes nos Comitês, os quais reconhecem os conflitos nas Bacias. Concluiu-se que os entrevistados percebem a urgência em recuperar e reflorestar as nascentes, devido à conexão qualidade ambiental e disponibilidade da água. Os conflitos pelo uso da água nas Bacias Hidrográficas dos Rios Cabaçal e Jauru evidenciam que não há um planejamento estratégico visando os múltiplos usos da água, demostrando que os fatores econômicos estão acima de outros interesses pelo uso da água. Esse modelo de apropriação para produção está modificando a disponibilidade da água em quantidade e qualidade. Faz-se necessário que os conflitos ambientais já percebidos pelos membros dos comitês sejam debatidos com outras instâncias tais como as prefeituras os governos estadual e federal visando a solução e ou encaminhamentos possíveis para que os danos ambientais sejam passíveis de reparação.


Palavras-chave


Participação social. Conflitos pelo uso da água. Múltiplos usos. Gestão de recursos hídricos. Pantanal.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26694/equador.v10i2.12848

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista da Pós-graduação em Geografia, do Centro de Ciências Humanas e Letras da UFPI

 ISSN 2317-3491

A Revista está atualmente indexada às seguintes bases de dados: LATINDEX, DIADORIM, IBICT/SEER, SUMÁRIOS.ORG, PERIÓDICO CAPES, GOOGLE ACADÊMICO, GENAMICS JOURNAL SEEK.

A REVISTA EQUADOR faz uso do DOI (Digital Object Identifier), através da associação com o CrossRef.