O LUGAR DA GLOBALIZAÇÃO NO MUNDO CONTEMPORÂNEO: UMA DISCUSSÃO VISTA DO LADO DE CÁ

Émerson Dias de Oliveira, Cleide de Oliveira Souza Luiz, Deborah Kiara dos Santos Felippe Stipp, Aline Luz Marinho Santos

Resumo


A globalização tem sido um assunto que carrega os mais variados vieses teórico-científicos nos últimos tempos, uma reflexão que corriqueiramente se volta no anúncio das evoluções técnicas e conjunturais advindas deste processo. Contudo, uma reflexão que considere o lado “fraco” desta questão nem sempre é trazida para o debate, deixando de lado a perspectiva dos sujeitos que recebem a imposições desta globalização financeirizada. Neste estudo, têm-se um aporte teórico nos estudos de Santos (1997, 2008, 2011), Santiago (2006) e Antunes (2002) aonde foi buscado um breve diálogo acerca de uma “outra globalização”, a qual pode ser perfeitamente construída na/da própria periferia mundial, bem como pelos seus respectivos sujeitos marginais (os que vivem à margem). A reflexão dessa questão leva a indagações acerca dos propósitos e finalidades da globalização contemporânea, uma vez que os discursos hegemônicos a posicionam enquanto possibilidade de inclusão dos sujeitos. Contudo, compreender as intencionalidades que permeia esse cenário é a verdadeira possibilidade de emancipação social dos sujeitos, sendo esse o intento central do presente ensaio, construir um debate que esteja voltado em esclarecer as perversidades que a ‘modernidade’ impõe no meio social. Por isso, a consolidação deste desafio é uma questão que carece do protagonismo e autonomia dos próprios sujeitos sociais, uma tarefa que inicialmente precisa da criticidade e a partir de então se oportuniza as iniciativas populares proativas e contextualizadas com suas respectivas localidades.


Palavras-chave


Globalização; Cidadania; Iniciativa Popular; Sociedade; Trabalho.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26694/equador.v8i3.9110

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista da Pós-graduação em Geografia, do Centro de Ciências Humanas e Letras da UFPI

 ISSN 2317-3491

A Revista está atualmente indexada às seguintes bases de dados: LATINDEX, DIADORIM, IBICT/SEER, SUMÁRIOS.ORG, PERIÓDICO CAPES, GOOGLE ACADÊMICO, GENAMICS JOURNAL SEEK.

A REVISTA EQUADOR faz uso do DOI (Digital Object Identifier), através da associação com o CrossRef.