DINÂMICA TEMPORAL DO USO E COBERTURA DA TERRA NA FRONTEIRA AGRÍCOLA DO MATOPIBA: análise na sub-bacia hidrográfica do rio Gurguéia-Piauí

Livania Norberta Oliveira, Cláudia Maria Saboia de Aquino

Resumo


O artigo tem como objetivo analisar a dinâmica temporal do uso e cobertura da terra na sub-bacia hidrográfica do rio Gurguéia entre os anos de 1987 e 2017, com o propósito de identificar os principais impactos ambientais provenientes da expansão do agronegócio. A metodologia foi desenvolvida em três etapas: através do levantamento de dados e referencial teórico, do geoprocessamento da bacia e da pesquisa de campo. Constatou-se que a sub-bacia hidrográfica do rio Gurguéia no período analisado sofreu redução de 31,76% da vegetação original, caracterizada principalmente por vegetação do tipo cerrado e por contato caatinga-cerrado. Foi identificado também que a área antrópica agrícola na bacia teve aumento de 31,07%. O desmatamento ocorreu especialmente nas margens do rio e na porção do alto-médio curso do rio Gurguéia, onde acontece a expansão do agronegócio de grãos, sendo o milho, o feijão e a soja as principais culturas desenvolvidas na bacia. Foi identificado também o desmatamento na porção Sudeste da bacia na cidade de Curimatá devido a instalação de carvoarias. Diante das formas de uso e ocupação da terra na bacia em estudo entre os anos de 1987 e 2017, constatou-se significativas alterações na paisagem, principalmente em função do desmatamento, que se refletem na alteração do comportamento hidrológico, no desencadeamento de processos erosivos, no assoreamento do corpo hídrico, na redução da vazão dos corpos hídricos, dentre outros processos associados. Tornando-se necessário o planejamento e a gestão de forma integrada dos atributos bióticos e abióticos da bacia hidrográfica, considerando as formas de manejo dos recursos naturais, visando a continuidade das suas funções do ecossistema e a sustentabilidade do ambiente a longo prazo.


Palavras-chave


MATOPIBA. Rio Gurguéia. Uso e cobertura da terra. Impactos ambientais

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26694/equador.v9i1.9461

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista da Pós-graduação em Geografia, do Centro de Ciências Humanas e Letras da UFPI

 ISSN 2317-3491

A Revista está atualmente indexada às seguintes bases de dados: LATINDEX, DIADORIM, IBICT/SEER, SUMÁRIOS.ORG, PERIÓDICO CAPES, GOOGLE ACADÊMICO, GENAMICS JOURNAL SEEK.

A REVISTA EQUADOR faz uso do DOI (Digital Object Identifier), através da associação com o CrossRef.