CARACTERIZAÇÃO DE FEIÇÕES MORFOLÓGICAS NO CORREDOR FLUVIAL DO RIO PARAGUAI PRÓXIMO AO PERÍMETRO URBANO DA CIDADE DE CÁCERES, MATO GROSSO

Luana Rodrigues de Carvalho, Celia Alves de Souza

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo caracterizar as feições morfológicas em dois compartimentos do corredor fluvial do rio Paraguai, no segmento próximo a cidade de Cáceres – Mato Grosso. Para o desenvolvimento do trabalho, foram necessárias as seguintes etapas: atividade de gabinete para a elaboração da base cartográfica e trabalho de campo para obtenção de imagens aéreas da área de estudo através de sobrevoo por drone. O rio Paraguai apresenta padrão meandrante com predominância de erosão na margem côncava e deposição de sedimentos na margem convexa. A partir do mapeamento de detalhe e caracterização das feições morfológicas, foi possível identificar diversas feições positivas, sendo 18 barras submersas, 77 barras laterais, 4 barras centrais, 16 cordões marginais, 7 diques marginais e 7 ilhas, bem como feições negativas, sendo 52 lagoas, 11 baías e 20 bacias de decantação. Tais feições se formaram na paisagem por meio da dinâmica fluvial, em consonância com o regime hídrico. O uso inadequado recorrente nas imediações da área de estudo pode influenciar na evolução de feições deposicionais e no desaparecimento de outras através da acentuação dos processos erosivos e deposicionais (assoreamento).


Palavras-chave


Geomorfologia fluvial; Feições fluviais; Aspectos ambientais; Mapeamento de detalhe; Dinâmica fluvial

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26694/equador.v9i1.9477

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista da Pós-graduação em Geografia, do Centro de Ciências Humanas e Letras da UFPI

 ISSN 2317-3491

A Revista está atualmente indexada às seguintes bases de dados: LATINDEX, DIADORIM, IBICT/SEER, SUMÁRIOS.ORG, PERIÓDICO CAPES, GOOGLE ACADÊMICO, GENAMICS JOURNAL SEEK.

A REVISTA EQUADOR faz uso do DOI (Digital Object Identifier), através da associação com o CrossRef.