AS RESSONÂNCIAS DA TEORIA CRÍTICA DA TECNOLOGIA DE ANDREW FEENBERG NA PRÁTICA BIOMÉDICA

PAULO THIAGO ALVES SOUSA

Resumo


O presente artigo reflete sobre a ressonância ética e política da teoria crítica da tecnologia de Feenberg na biomedicina, destacando o papel exercido pela chamada cidadania técnica, na compreensão e intervenção da saúde do corpo humano. A partir dessa perspectiva encontra-se desenhada a problematização de uma abordagem bio-ético-política que busca investigar como as tecnologias biomédicas podem estabelecer uma abordagem democrática vinculada à teoria crítica que orienta criticamente a tradução e a implementação tecnológica de projetos biomédicos socialmente engajados. Para cumprir o exposto serão desenvolvidos dois momentos: Primeiro momento apresenta o construtivismo crítico de Feenberg como abordagem filosófica da tecnologia que mais se adequa a uma proposta pragmática de realização democrática da técnica moderna. No segundo momento, partindo de uma interpretação do construtivismo crítico feenbergiano, destaca a articulação bio-ético-política na tecnologia biomédica, com ênfase no cuidado com a saúde do corpo humano. Destaque nesse tópico para o conceito de Medicina ciborgue (adaptado da teoria ciborgue de Donna Haraway) pelo qual o corpo, visto como fusão entre máquina e organismo, personifica o contexto social e político representativo para a intervenção tecnocientífica da biomedicina. Conclui-se que a teoria da cidadania tecnológica pensada por Feenberg possibilita uma reflexão ampla e prolífica sobre a implementação de uma política técnica da participação ativa das pessoas e ética médica humanizada do corpo, valorada pelo cuidado, responsabilidade, respeito e a solidariedade com a vida dos cidadãos, representada por uma reformulação epistemológica e metodológica que conecta o tecnológico aos cuidados sobre a saúde humana.

 

Palavras-chave: Cidadania técnica

Palavras-chave


Cidadania técnica. Tecnologia. Biomédica; Bio-ético-político

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26694/cadpetfil.v12i23.12992




Endereço / Email:

Universidade Federal do Piauí, PET-Filosofia, Centro de Ciências Humanas e Letras, Campus Min. Petrônio Portela,

CEP 64.049-550,  Teresina - PI, Fone: (86) 3237 1134  E-mail: cadernospetfilosofia@gmail.com




Indexado em:


          Encontre em uma Biblioteca com o WorldCat