UMA ORGANIZAÇÃO RETÓRICA DA SEÇÃO DE METODOLOGIA EM ARTIGOS ACADÊMICOS ESCRITOS POR ESTUDANTES DO CURSO DE LETRAS NA PERSPECTIVA DOS ESTUDOS LINGUÍSTICOS

Francisco Jeimes de Oliveira Paiva, Antônio Lailton Moraes Duarte

Resumo


Neste artigo, como principal objetivo, analisamos e comparamos a descrição retórica da seção de metodologia do gênero artigo acadêmico experimental em atividades de leitura e escrita acadêmicas com alunos do curso de Letras (Língua Portuguesa e Literaturas), a saber, estudantes do último semestre da Faculdade de Filosofia Dom Aureliano Matos/Fafidam. Neste estudo, ancoramo-nos na obra de Bakhtin (1979, 1992, 1997); Swales (1990, 2004); Bhatia (1993, 1997) e, mais especificamente para a análise de gêneros acadêmicos, referentes às pesquisas de Bernardino (2007); Biasi-Rodrigues (1998); Motta-Roth (1995, 2001); Oliveira (2005); Bezerra (2006); Paiva (2011); Paiva e Duarte (2017) acerca da organização retórica de gêneros textuais vinculados a produção do discurso escrito de seus pares na comunidade acadêmica. Para tal empreitada, aplicamos o Modelo CARS de Swales (1990) em um corpus de 10 AAE’s, no sentido de formalizar um padrão de organização retórica do AAE com base na identificação e classificação das unidades e subunidades caracterizadoras da distribuição de informações em AAE’s escritos por esses autores/produtores, no período de setembro de 2016 a janeiro de 2017.


Palavras-chave


Gênero Discursivo; Comunidade Discursiva; Análise Sociorretórica; Artigo Acadêmico Experimental.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.